Cintos em alta: dicas para combinar o acessório em diferentes looks - Cristine Têxtil

Blog

Cintos em alta: dicas para combinar o acessório em diferentes looks

Acessório muitas vezes menosprezado, o cinto tem surgido em destaque em inúmeras coleções e se firmado com força na prova de fogo da moda, o street style. Pelas ruas, o cinto tornou-se fundamental no visual, marcando a silhueta, evidenciando uma peça especial, dando vida nova à uma composição já desgastada, imprimindo charme a um jeans clássico.

Sobre casacos, cardigãs, jaquetas, blazers, os cintos renovam todo o visual. O look fica outro com um bom cinto marcando a cintura, inclusive sobre peças mais pesadas, como casacos de lã ou jaquetas jeans. Eles podem ser largos ou estreitos, simples ou rebuscados, tudo vai depender do nível do seu desejo por ousar. Só atenção: essa forma de uso é uma das que mais amplia a silhueta, portanto, se você tiver volumes na região da cintura e quiser adotar essa sugestão, prefira usar o cinto sobre peças de texturas mais finas e poucas tramas, sem ajustar demais.

Como protagonistas do visual, em formatos largos, ao estilo corselete, os cintos compensam qualquer simplicidade na roupa. Isso mesmo, cara amiga, um cintão desses transforma em estelar qualquer vestidinho. Use modelos escuros sobre peças escuras caso queira afinar a silhueta, mas aposte em texturas e recortes que valorizam o shape da peça.

Com jeans, não existe algo mais essencial do que um bom cinto. Ou vai dizer que sua calça de cintura baixa nunca deixou você em uma situação um tanto constrangedora, tipo “pagando cofrinho”, sem a presença do acessório? Pois bem. Um cinto evita esse tipo de inconveniente e ainda proporciona estilo ao conjunto. Os modelos estreitos e médios são os melhores, mas podem ter fivelas diferenciadas, ilhoses, spikes, bordados e outros detalhes que sejam reflexo de seu estilo preferido, do rocker ao caubói, do clássico ao militar.

Com vestidos, perfeitos para incrementar, para garantir uma pitada de feminilidade, para reforçar ou criar um estilo. Abuse dos cintos!

Fonte: Revista Donna