Gucci bane uso de peças com pele: “não é moderno” - Cristine Têxtil

Blog

Gucci bane uso de peças com pele: “não é moderno”

Unindo-se a labels como Armani, Calvin Klein, Ralph Lauren e Tommy Hilfiger, Marco Bizzarri, executivo chefe e presidente da Gucci anunciou que a marca não usará mais peles em suas coleções, iniciativa já aplicada no desfile de Verão 2018 que aconteceu na última semana de moda de Milão. Em entrevista ao Business of Fashion, Marco disse não achar o uso de pele algo moderno. “Você acha que usar pele hoje em dia é algo moderno? Eu não e esse foi o motivo pelo qual decidimos não usar mais. É meio antiquado. A criatividade pode saltar em diversas direções em vez de usar pele”.

Apesar da popularidade de suas loafers de pelos, a decisão deve ter impacto mínimo nas vendas da marca, porque a matéria prima animal será trocada por versões falsas. Isso além de melhorar a visão da Gucci com os millenials por serem mais “éticos do que gerações passadas”, disse à entrevista.

A decisão de banir a pele foi feita junto com o diretor criativo da marca, Alessandro Michele, que, enfatizando o ponto posto por Marco, disse que “a moda sempre se tratou de tendências, emoções e conseguir antecipar o desejos e vontades dos consumidores. Os  melhores diretores criativos são capazes de sentir o cheio de algo antes de qualquer pessoa; moda e modernidade andam juntas”.

Fonte: Estilo